Como comprar ações do Itaú?

10/10/18 Autor: admin

As ações do Itaú estão entre as mais populares da bolsa, por conta de seu tamanho e por relevância para o mercado de capitais. Por isso, é uma opção interessante de investimento no mercado de renda variável. Contudo, como planejar o momento certo de comprar ações da empresa? Vamos listar abaixo algumas dicas que podem te ajudar a decidir se é hora de fazer essa aposta.

Observe as perspectivas do CDI e dos juros básicos

O Certificado de Depósito Interbancário (CDI) é o título de dívida utilizado nas negociações de crédito entre bancos. Assim como a Selic, ele é utilizado como referência para o juro que o banco paga ao captar recursos no mercado. Ou seja, é uma medida de quanto custa o dinheiro que o banco te empresta.
A importância do CDI para o negócio do Itaú é o seu impacto no spread bancário, ou seja, a diferença entre o juro pago pelo banco e o cobrado por ele nas operações de crédito. Quanto maior o spread, maior o potencial de ganho do banco no mercado de crédito.
Cenários em que o CDI está baixo podem beneficiar instituições como o Itaú, porque tendem a melhorar o spread bancário. Além disso, se o custo de captação de recursos é baixo, é possível expandir a demanda de crédito, com ganhos de escala.

Observe a inadimplência

De acordo com a Serasa Experian, 61,5 milhões de brasileiros estavam inadimplentes em agosto de 2018. Este número elevado de pessoas com atrasos no pagamento de suas dívidas eleva o risco do banco, e consequentemente reduz o seu ganho. Isso porque toda dívida em atraso deve ser lançada como prejuízo no Registrato, sistema do Banco Central que monitora o cenário de crédito.
Cenários de inadimplência elevada podem impactar o valor das ações de um banco como Itaú. Por outro lado, queda na inadimplência significa redução do prejuízo ou mesmo recuperação de dívidas, o que melhora o resultado financeiro do banco, com impacto no valor das ações.

Observe o mercado de seguros

Mais de 40% do retorno sobre o patrimônio do Itaú vem do mercado de seguridade e serviços. Por isso, o nível de atividade neste segmento contribui fortemente com o lucro da empresa. Se o índice de roubo de carros ou colisões no trânsito cai no Brasil, isso reduz o número de sinistros no seguro automóvel, e consequentemente melhora o resultado do Itaú.

Observe o mercado de ações

Se não há novidades nos seus mercados de atuação, as ações do Itaú tendem a oscilar em paralelo ao mercado de capitais. Isso porque elas têm participação relevante no Ibovespa, o principal índice do mercado de ações brasileiro. Além disso, o Ibovespa capta momentos de euforia ou desânimo no mercado – os chamados bull market ou bear market – e ondas de euforia ou desânimo impactam os principais ativos do mercado, Itaú entre eles.
Se o mercado está em alta, o Itaú entrará em alta junto, e vice-versa. Por isso, as perspectivas para o Ibovespa podem afetar também a performance do banco.
Por fim, um aviso: quando falamos em ações mais consolidadas como as do Itaú, ganhos elevados de curto prazo são mais raros. Mas ganhos de longo prazo podem ser muito interessantes. Por isso, vale o conselho de Warren Buffet: “Você deve comprar ações como o católico se casa, para toda a vida”.