Como comprar ações da Vale

10/10/18 Autor: admin

As ações da Vale estão entre as mais populares da bolsa, por conta de seu tamanho e por relevância para o mercado de capitais. Por isso, é uma opção interessante e conservadora de investimento no mercado de renda variável. Contudo, quando é o melhor momento de comprar ações da empresa? Veja algumas dicas que podem te ajudar na sua decisão.

Observe o mercado internacional, especialmente a China

A China é o maior produtor e exportador de aço do mundo. Por isso, mudanças na economia chinesa impactam globalmente os preços e a demanda por minério de ferro. As negociações anuais de preço de ferro são feitas primeiro na China, e depois balizadas no mercado europeu, o segundo maior do mundo, que acompanha de perto o cenário de preços chinês. As negociações com as siderúrgicas de Japão e Coreia também seguem os patamares definidos pelo mercado chinês.
Além do Brasil, a Austrália é um fornecedor relevante de minério de ferro. Como o país está mais próximo dos principais produtores de aço do mundo, fatos relevantes na mineração australiana também impactam no mercado global de minério.
É importante também observar aberturas e fechamento de novas minas e ocorrências como o rompimento da barragem da Samarco em Mariana (MG), que interferem na oferta global de minério de ferro e, consequentemente, no preço.

Observe o câmbio

O câmbio interfere nos resultados da Vale de duas maneiras. Uma delas é seu impacto direto no preço, que é definido internacionalmente. Outra é na conversão dos resultados obtidos no exterior, que respondem por 65% do faturamento da empresa.  Quando o valor do dólar sobe, tanto os preços do aço quanto os resultados obtidos no exterior sobem em reais. Da mesma forma, quando o dólar cai de preço tudo cai igualmente.
No caso da Vale, quando o real está valorizando torna-se interessante adquirir ativos no exterior. Foi o que aconteceu em 2006, quando a Vale adquiriu a canadense Inco por US$ 18 bilhões, à época.

Observe o mercado de ações

Se não há novidades nos seus mercados de atuação, as ações da Vale tendem ser influenciadas pelo humor geral do mercado. O Ibovespa capta momentos de euforia ou desânimo no mercado – os chamados bull market ou bear market – e ondas de euforia ou desânimo impactam os principais ativos do mercado, Vale entre eles.
Se o mercado está em alta, a Vale tende a entrar em alta junto, e vice-versa. Por isso, as perspectivas para o Ibovespa podem afetar também a performance do banco.
Por fim, um aviso: quando falamos em ações mais consolidadas como as da Vale, ganhos elevados de curto prazo são mais raros. Mas ganhos de longo prazo podem ser muito interessantes.